terça-feira, 17 de setembro de 2013

Seleção Feminina enfrenta Venezuela nesta terça-feira

Dia seguinte de jogo é sempre a mesma rotina: as jogadoras que entraram em campo fazem trabalho regenerativo, enquanto as demais treinam na academia ou no campo.
Nesta segunda-feira, dia seguinte da vitória em cima do Uruguai de 4 a 2, no Sul-Americano Sub-17 do Paraguai, Lorena, Julia, Fabiana, Katielle, Amanda, Ariane, Letícia, Paloma, Victória, Gabi, Vanessa, Marjorie e Lorrayne ficaram no hotel Bourbon, onde a delegação está concentrada. As meninas realizaram um trabalho regenerativo na piscina com os fisioterapeutas Henrique Moreno e Julio Fernandes.
Enquanto isso, Ana Vitória, Thamirys, Karol, Bruna, Ellen, Giovana, Duda e as goleiras Carla e Quezia foram a campo com o preparador físico Alexsander Dickinson, o preparador de goleiras Filipe de Souza, a treinadora Emily Lima e seu auxiliar, Luiz Antonio Ribeiro.
Depois do treinamento, na parte da tarde, todas as jogadoras participaram de uma reunião com a comissão técnica, para assistir ao vídeo do jogo de ontem. Emily parava a imagem e fazia comentários sobre o posicionamento, marcação e cobranças de falta, tanto ofensiva quanto defensiva.
Nesta terça, a Seleção enfrenta a Venezuela, às 18 horas (19 horas de Brasília), no Sportivo Luqueño, pela terceira rodada do Grupo B. Às 16 horas, a Colômbia jogará contra o Equador. O Uruguai não entrará em campo.
A Venezuela é líder, com três pontos, dois gols de saldo e um jogo a menos. Em seguida, vem o Brasil, também com três pontos, mas um gol de saldo; em terceiro está a Colômbia, com três pontos e com -1 de saldo; em quarto lugar está o Equador, com um ponto e zero de saldo de gol; e por último está o Uruguai, também com um ponto, mas com -2 de saldo.